A partir de junho Portugal pode bater recordes de temperatura.

O site AccuWeather está a prever ondas de calor de 43 graus, com as noites a serem quentes o que pode provocar problemas a quem habite numa casa em que não consiga arrefecer a habitação durante a noite antes que volte a aquecer durante o dia.

Por isso aconselha as pessoas a beber muita água, a usar roupa leve e a evitar atividades no exterior.

Entre os alertas do site estão as chamadas de atenção para os cuidados necessários na prevenção dos incêndios, um dos grandes problemas no norte de Portugal e de Espanha, tal como nos Alpes na Alemanha e na República Checa e justifica esta possibilidade com o facto de um inverno e primavera chuvosos ter feito com que exista mais vegetação do que nos anos anteriores.

“O problema é que as ondas de calor e o clima seco dos próximos meses vão secar a vegetação e na segunda metade do verão vai aumentar bastante a possibilidade de surgirem grandes incêndios”, pode ler-se na publicação.

O AccuWeather prevê que esta possibilidade de fogos se mantenha até ao outuno devido ao clima seca e quente se poderá prolongar-se.