Já pode beber água de coco fresca todos os dias nas praias de Setúbal e Tróia

0
169

A Coco Verde – Green Coconut vende cocos do Brasil, Tailândia e Costa Rica. E nem tem de se levantar da toalha.

Poucas coisas sabem tanto a férias como estar na praia a beber água fresca de um coco acabado de abrir. E apesar de, normalmente, esta ser uma imagem que só se costuma ver nos folhetos de férias para o Brasil ou para as Caraíbas, nas praias de Setúbal e Tróia já é cada mais frequente.

A culpa é de Ricardo Gomes, proprietário do Coco Verde – Green Coconut, que há três anos desenvolveu este projeto que todos os dias leva água de coco fresco aos banhistas da região. Se costuma passar pela Praia da Saúde, em Setúbal, provavelmente já viu a pequena motorizada verde da Green Coconut. “Temos coco do Brasil, da Tailândia e também da Costa Rica”, explica à New in Setúbal o responsável de 36 anos, que começou o negócio porque “queria criar uma coisa diferente em Setúbal”.

Os cocos, importados diretamente do Brasil, da Tailândia e das Caraíbas, custam 3,5€ (coco da Costa Rica), 4,5€ (Tailândia) e 5€ (Brasil) e são sempre abertos à frente dos clientes, “para garantir sempre a frescura”. E se para algumas pessoas este negócio gera alguma surpresa, a verdade é que Ricardo conta já com vários clientes que não passam sem a sua água de coco: “este ano, principalmente, sentimos que há muitas pessoas que nos conhecem do ano passado e que nos voltam a procurar frequentemente”, sublinha.

“Não estamos nas praias todo o ano, mas sempre que está calor lá vamos nós”, exlica, revelando que durante uma semana quente de agosto a Green Coconut vende cerca de dois mil cocos nas praias de Setúbal. Além do estacionamento obrigatório na Praia da Saúde, a mota verde já passou pela Figueirinha e por Albarquel. Em Tróia não há mota, mas os coco vão parar à mesma à mão de quem está na praia, já que há sempre pessoal da empresa a circular no areal com caixas ou com um carrinho de mão cheio de cocos.

E para quem não é propriamente fã de coco, a Green Coconut tem várias alternativas refrescantes, como sumos de abacaxi, de laranja, de melancia ou limonada de lima.

Depois do sucesso que a empresa tem tido, este verão Ricardo Gomes decidiu diversificar a oferta e criou a Olh’a Bolinha, especializada na venda de bolas de Berlim. A marca tem um carro roxo único, que costuma estar parado na Praia da Saúde, junto à motorizada da Green Coconut.

Fonte: NewInSetúbal