Cerca de setenta restaurantes de Setúbal dão a provar receitas de choco, umas tradicionais, outras inovadoras, num evento gastronómico que arranca no dia 23 com uma aula de culinária na Casa da Baía.

Tradicionalmente frito, assado ou ensopado. Com ou sem tinta. Ao alhinho, em caldeirada ou em feijoada. Acompanhado de batata frita, salada ou no pão. Regado ou não com limão. A lista de propostas de confeção do molusco típico do Sado ao longo da Semana do Choco 2019 é extensa e variada. O resultado final promete ser divinal.

De 23 a 31 de março, o evento gastronómico dinamizado pela Câmara Municipal de Setúbal e pela Docapesca, com o apoio da Makro, regressa para nova edição, em ambiente primaveril, proporcionando ementas especiais nos estabelecimentos de restauração do concelho.

Além das propostas oferecidas por cada um dos 67 restaurantes aderentes, a programação do certame reserva ainda uma aula de culinária e uma degustação comentada.

No primeiro dia, 23, a chef de cozinha Daniela Polido propõe técnicas de confeção de choco numa lição a decorrer às 10h00. A fechar a semana gastronómica, a mesma especialista conduz, a 31, às 18h00, uma degustação comentada.

As atividades, ambas na Casa da Baía, são de participação gratuita mediante inscrição prévia, no primeiro caso até dia 20, no segundo até 27, a qual deve ser feita presencialmente, pelo telefone 265 545 010 ou pelo endereço eletrónico gape@mun-setubal.pt.

Criada em 2012, a iniciativa integra um calendário de eventos gastronómicos dinamizado pelo município no âmbito da marca Setúbal Terra de Peixe com o objetivo de divulgar sabores e tradições da cozinha setubalense e, em simultâneo, estimular a restauração local e promover o concelho enquanto destino turístico de excelência.