O primeiro-ministro, António Costa, anunciou hoje o encerramento de discotecas, a redução da lotação máxima dos restaurantes, a limitação do número de pessoas em centros comerciais e serviços públicos e a proibição de desembarque dos passageiros de cruzeiros.

Estas são algumas das medidas que o Conselho de Ministros irá hoje aprovar devido à pandemia do Covid-19 e que foram anunciadas por António Costa numa declaração na residência oficial de São Bento.

“Nós vamos determinar o encerramento das discotecas e estabelecimentos similares, reduzir em um terço a lotação máxima de cada estabelecimento de restauração de forma a aumentar o espaçamento entre os diferentes clientes, vamos determinar a limitação da frequência de centros comerciais ou de serviço públicos de forma a que a sua frequência se adeque ao espaço de cada um sem que haja um excesso de pessoas simultaneamente dentro do mesmo espaço”, elencou.

De acordo com o primeiro-ministro, o Governo vai também “determinar a proibição de desembarque dos passageiros de navios de cruzeiro, que poderão continuar a aportar para efeitos de reabastecimento, com a exceção dos residentes em Portugal”.

“Tal como já foi determinado em relação à região norte, será estendida a todo o país a limitação de visitas a lares de idosos”, anunciou ainda.