Ausência de candeeiros ou candeeiros apagados, armaduras a cair, luz intermitente, cabos descobertos, postes danificados e portinholas sem tampa, são as anomalias mais comuns e devem ser comunicadas aos serviços competentes para reparação.

Se detetar situações desta natureza preencha o formulário e envie-o para o endereço gapae@mun-setubal.pt, referente ao Gabinete de Projetos do Ambiente e da Energia.

A comunicação de anomalias pode também ser feita junto da EDP, entidade responsável pelo serviço de manutenção do sistema e iluminação pública.

Fonte: www.setubalambiente.pt